Câmara reverte votação do Senado e mantém veto de...Confira!

Câmara reverte votação do Senado e mantém veto de Bolsonaro a reajuste de servidores

Câmara reverte votação do Senado e mantém veto de Bolsonaro a reajuste de servidores.

Na última quinta-feira (20), a Câmara dos Deputados manteve o poder de veto do presidente Jair Messias Bolsonaro até 2021 e repassou seus salários para servidores que estão na linha de frente no combate ao coronavírus. Na quarta-feira (19), o Senado votou contra o veto.

No entanto, para restaurar o status quo, as duas casas do Congresso devem votar de acordo. Com a manutenção do veto, é vedado o aumento salarial de qualquer tipo de serviço público nas esferas federal, estadual e municipal até o final do próximo ano.

O resultado é de 316 votos a favor (manutenção do veto), 165 votos contra (revogação) e duas abstenções.

A proibição do reajuste de servidores públicos é medida correspondente do governo federal, que vai repassar R $ 60 bilhões a estados e municípios em maio para reduzir o impacto da crise gerada pela pandemia no país.

Em suas palavras, Rodrigo Maia afirmou:

“Ficar atacando uma Casa em que o resultado não foi aquilo que ele esperava é muito ruim. Da mesma forma que fizeram com a Câmara antes, como eu disse no meu discurso, ontem fizeram com o Senado. O resultado de votação é um resultado daquilo que é construído, daquilo que a nossa democracia nos dá. Câmara e Senado têm trabalhado. Quando uma vai numa linha que a sociedade mesmo está contra, a outra Casa conserta, e vai assim. A Casa revisora serve pra isso.”

Veja Muito Mais Sobre o Presidente Jair Bolsonaro e Seus Ministros de Governo no Site Welesson Oliveira!

Visite Nosso Site “Periquito Esporte e Notícias

Câmara reverte votação do Senado e mantém veto de Bolsonaro a reajuste de servidores

Entretanto… No entanto… De acordo com o… Ainda de acordo com… Mesmo que… Por outro Lado… Além disso… Mesmo porque… Aliás… Afinal… Ademais… Anteriormente… Assim… contudo… Embora… Enquanto… Então… Entretanto… Outrossim… Pois… Por enquanto… Por enquanto…