Após medidas extremistas de governadores inflação fica em...Confira!

Após medidas extremistas de governadores inflação fica em 0,24% em agosto, maior taxa para o mês desde 2016, aponta IBGE

Após medidas extremistas de governadores inflação fica em 0,24% em agosto, maior taxa para o mês desde 2016, aponta IBGE.

Impulsionado pela alta dos preços dos alimentos e da gasolina, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) dos Estados Unidos, considerado o indicador oficial de inflação do país, subiu 0,24% em agosto, ante 0,36% em julho.

O Instituto de Estatística (IBGE) anunciou nesta quarta-feira (9). Embora tenha desacelerado em relação ao mês anterior, este é o terceiro aumento consecutivo e o maior mês desde agosto, quando o IPCA foi de 0,44%. Em agosto de 2019, a relação era de 0,11%.

Até 2020, o aumento acumulado do IPCA será de apenas 0,70%, e aumentará 2,44% em 12 meses, valor ainda inferior ao limite inferior de 2,5% da meta do governo para aquele ano.

O resultado é ligeiramente superior à mediana das projeções de 33 analistas de consultoria e instituições financeiras consultadas pelo Valor Data, que espera que o índice desacelere para 0,23% em agosto. As estimativas variam de 0,17% a 0,32% de crescimento.

Em suas palavras, o IBGE afirmou:

“Pesaram mais no bolso do consumidor, principalmente, a gasolina, que subiu pelo terceiro mês seguido, e os alimentos, que chegaram a registrar certa estabilidade de preços em julho, mas voltaram a subir em agosto. Para as famílias de menor renda, o impacto é maior”

Após medidas extremistas de governadores inflação fica em 0,24% em agosto, maior taxa para o mês desde 2016, aponta IBGE

Veja Muito Mais Sobre o Presidente Jair Bolsonaro e Seus Ministros de Governo no Site Welesson Oliveira!

Visite Nosso Site “Periquito Esporte e Notícias

Entretanto… No entanto… De acordo com o… Ainda de acordo com… Mesmo que… Por outro Lado… Além disso… Mesmo porque… Aliás… Afinal… Ademais… Anteriormente… Assim… contudo… Embora… Enquanto… Então… Entretanto… Outrossim… Pois… Por enquanto… Por enquanto…