Argentina governada por esquerda implode e polícia...Confira!

Argentina governada por esquerda implode e polícia cerca casa do Presidente por reajuste

Argentina governada por esquerda implode e polícia cerca casa do Presidente por reajuste.

O presidente argentino Alberto Fernández fez um discurso em rede nacional de televisão na noite desta quarta-feira (9) na tentativa de conter os protestos da polícia em Buenos Aires. Os protestos chegaram ao terceiro dia e estarão armados.

O agente trouxe o ex-presidente para sua residência. A polícia reclamou dos aumentos salariais e planejou manter vigilância do lado de fora da residência do governador Alex Kicillof na noite de quarta-feira. A segurança no local foi reforçada.

Em suas palavras o Presidente da Argentina disse:

“Todo mundo quer resolver o problema, mas peço que respeitemos a instituição…Essa não é a maneira de fazer isso, e espero que reflitam e mudem de mecânica”

Na agenda do agente, também há denúncias de cúmplices assassinados por criminosos nas últimas semanas.

O protesto foi apoiado pela sociedade, que se opôs à libertação de cerca de 4.500 presos porque o novo coronavírus pode causar poluição superlotada.

A polícia disse que as reclamações são salários e os protestos não são políticos. Nenhum ajuste foi feito desde novembro, e eles podem chegar a cerca de 37.000 pesos (aproximadamente 2.600 reais) por mês.

Devido ao aumento da quarentena e das taxas de desemprego.

– 280.000 empregos foram perdidos desde o início da pandemia -, houve uma onda de violência no país, e a polícia disse que não tinha poder suficiente para combater o crime.

Concluindo o Presidente disse:

“Este não é um modo de reclamar. Não é tudo o que está permitido”

Argentina governada por esquerda implode e polícia cerca casa do Presidente por reajuste

Veja Muito Mais Sobre o Presidente Jair Bolsonaro e Seus Ministros de Governo no Site Welesson Oliveira!

Visite Nosso Site “Periquito Esporte e Notícias

Entretanto… No entanto… De acordo com o… Ainda de acordo com… Mesmo que… Por outro Lado… Além disso… Mesmo porque… Aliás… Afinal… Ademais… Anteriormente… Assim… contudo… Embora… Enquanto… Então… Entretanto… Outrossim… Pois… Por enquanto… Por enquanto…