"A perspectiva de poder assassinar bebês demonstra o grau....VEJA!

“A perspectiva de poder assassinar bebês demonstra o grau de degradação vivido no país” diz Eduardo Bolsonaro

“A perspectiva de poder assassinar bebês demonstra o grau de degradação vivido no país” diz Eduardo Bolsonaro.

A Câmara dos Deputados da Argentina aprovou nesta sexta-feira (11/12) o projeto para legalizar aborto, apresentado pela presidente do país, Alberto Fernández,

Antes fosse apenas problemas econômicos o caso da Argentina. Em Buenos Aires, capital da Argentina, iniciou nesta quinta-feira (10/12), a votação que decidirá sobre a legalização do aborto no país.

A sessão se encerrou nesta amanha de sexta-feira (11/12), às 11 horas.

O projeto foi levado ao Parlamento pelo presidente da Argentina, Alberto Fernández no dia 17 de novembro de 2019.

Para que a proposta de Alberto Fernández fosse aprovada, era preciso que 129 deputados, votem favorável a proposta.

No entanto, o Projeto sobre aborto, do presidente argentino Alberto Fernández, foi aprovado na Câmara dos Deputados por 131 x 117 (6 abstenções).

“A perspectiva de poder assassinar bebês demonstra o grau de degradação vivido no país” diz Eduardo Bolsonaro

Medida agora vai para o Senado.

Nas redes sociais, o deputado federal, Eduardo Bolsonaro (PSL/SP), criticou a decisão do país vizinho:

“A comemoração pela perspectiva de poder assassinar bebês demonstra o grau de degradação vivido no país.” disse Eduardo.

Continue acompanhando aqui em nosso site, as notícias mais relevantes do seu dia a dia. Notícias do Brasil e do mundo, com responsabilidade e credibilidade.

Veja Muito Mais Sobre o Presidente Jair Bolsonaro e Seus Ministros de Governo no Site Welesson Oliveira!

Visite Nosso Site “Periquito Esporte e Notícias

Câmara dos Deputados da Argentina aprova projeto para legalizar aborto, apresentado por Alberto Fernández

Entretanto… No entanto… De acordo com o… Ainda de acordo com… Mesmo que… Por outro Lado… Além disso… Mesmo porque… Aliás… Afinal… Ademais… Anteriormente… Assim… contudo… Embora… Enquanto… Então… Entretanto… Outrossim… Pois… Por enquanto… Por enquanto…