Alexandre Kalil proíbe venda de bebidas alcoólicas em bares e...VEJA!

Alexandre Kalil proíbe venda de bebidas alcoólicas em bares e restaurantes de BH

Alexandre Kalil proíbe venda de bebidas alcoólicas em bares e restaurantes de BH, a partir desta segunda-feira (07/12).

O prefeito reeleito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, determinou que bares e restaurantes não poderão vender bebidas alcoólicas a partir da próxima segunda-feira, 7.

A decisão foi tomada como uma medida de “contenção ao novo coronavírus” que, segundo autoridades do município, tem acelerado sua taxa de transmissão.

Curiosamente, o obituário da cidade mostra mais óbitos com covid-19 nos 7 dias que antecederam o início do horário eleitoral gratuito de rádio e televisão.

Entretanto, não existiram decretos de fechamento nem de isolamento durante a campanha.

Conforme o decreto nº 17.484 assinado por Kalil e publicado na sexta-feira 4, padarias, lanchonetes, bares, restaurantes, cantinas, clubes, sorveterias podem continuar servindo alimentos para clientes no local, menos bebidas alcoólicas.

A restrição também se aplica às feiras públicas ou licenciadas em propriedades públicas e privadas em Belo Horizonte.

Vale lembrar que Kalil foi reeleito ainda no primeiro turno das eleições, o conservador Bruno Engler não conseguir ir para o segundo turno.

Continue acompanhando aqui em nosso site, as notícias mais relevantes do seu dia a dia. Notícias do Brasil e do mundo, com responsabilidade e credibilidade.

Veja Muito Mais Sobre o Presidente Jair Bolsonaro e Seus Ministros de Governo no Site Welesson Oliveira!

Visite Nosso Site “Periquito Esporte e Notícias

Alexandre Kalil proíbe venda de bebidas alcoólica em bares e restaurantes de BH

Alexandre Kalil proíbe venda de bebidas alcoólica em bares e restaurantes de BH
Alexandre Kalil proíbe venda de bebidas alcoólica em bares e restaurantes de BH

Entretanto… No entanto… De acordo com o… Ainda de acordo com… Mesmo que… Por outro Lado… Além disso… Mesmo porque… Aliás… Afinal… Ademais… Anteriormente… Assim… contudo… Embora… Enquanto… Então… Entretanto… Outrossim… Pois… Por enquanto… Por enquanto…