Aras defende que agressor de Bolsonaro permaneça em Penitenciária Federal

Aras defende que agressor de Bolsonaro permaneça em Penitenciária Federal

Aras defende que agressor de Bolsonaro permaneça em Penitenciária Federal.

O Procurador-Geral da República, Augusto Aras, enviou um parecer ao Supremo Tribunal Federal (STF), defendendo que Adélio Bispo de Oliveira permaneça no Presídio Federal de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul.

O ofício ocorre em razão da defesa de Adélio pedir a transferência para um hospital de custódia e tratamento psiquiátrico.

Sob o ponto de vista do PGR, Augusto Aras, é necessário que o agressor do Presidente Bolsonaro continue no Presídio Federal, por questões de segurança.

“A periculosidade do paciente Adélio Bispo de Oliveira e a necessidade da garantia da sua segurança e integridade física são patentes e incompatíveis com a frágil condição de segurança dos hospitais de custódia e tratamento psiquiátrico, além de a inexistência de vaga no único hospital psiquiátrico judicial do estado de Minas Gerais corroborar para a manutenção do paciente no Presídio Federal de Campo Grand”, citou Aras.

No entanto, a defesa de Oliveira queria sua transferência para o Hospital Psiquiátrico Judiciário Jorge Vaz, em Barbacena (MG).

À Suprema Corte (STF), Augusto Aras lembrou que a unidade possui uma fila de 427 custodiados que estão nas mesmas condições que Adélio.

Além disso, ele ressaltou também que a Penitenciária possui atendimentos clínicos e psiquiátricos.

Veja Muito Mais Sobre o Presidente Jair Bolsonaro e Seus Ministros de Governo no Site Welesson Oliveira!

Visite Nosso Site “Periquito Esporte e Notícias

Aras defende que agressor de Bolsonaro permaneça em Penitenciária Federal

Aras defende que agressor de Bolsonaro permaneça em Penitenciária Federal
Aras defende que agressor de Bolsonaro permaneça em Penitenciária Federal

Entretanto… No entanto… De acordo com o… Ainda de acordo com… Mesmo que… Por outro Lado… Além disso… Mesmo porque… Aliás… Afinal… Ademais… Anteriormente… Assim… contudo… Embora… Enquanto… Então… Entretanto… Outrossim… Pois… Por enquanto… Por enquanto…