Assessor de Bolsonaro humilha Maia com...Confira!

Assessor de Bolsonaro humilha Maia com histórico avassalador: ‘Quando Rodrigo Maia chora, o Brasil sorri’

Assessor de Bolsonaro humilha Maia com histórico avassalador: ‘Quando Rodrigo Maia chora, o Brasil sorri’.

Filipe Martins, assessor especial do Presidente Jal Bolsonaro para assuntos internacionais, publicou um longo artigo sobre a atuação de Rodrigo Maia na Câmara dos Deputados. Para Martins, Maia atrapalhou o trabalho dos dois presidentes e lutou contra colegas de parlamento e do povo brasileiro. Martins revisou o comportamento de Maia e chegou à seguinte conclusão: “Quando Rodrigo Maia chorou, o Brasil sorriu.”

1. Em 2016, após a renúncia de Eduardo Cunha à presidência da Câmara de Comércio, Rodrigo Maia inovou e expressou com clareza este mandato da presidência da Câmara dos Deputados. Maia estava lá pela primeira vez como presidente da Câmara de uma forma juridicamente duvidosa.

2. O cargo de Maya como prefeito é caracterizado pela destruição contínua do trabalho de reconstrução pós-impeachment do Brasil por meio de projetos que visam destruir a obra de Henrique Meireles, e esses projetos foram eventualmente chamados de “bombas fiscais”.

Rodrigo Maia

3. Hoje, a isenção de mais de 300 bilhões de reais exacerbou o déficit das contas públicas e inibiu o direito de ação do governo federal, a maior parte com a marca de Rodrigo Maia. Incrivelmente, a mídia tentou nos convencer de que ele defendia sua responsabilidade financeira.

4. Em 2017, Maya desrespeitou a Constituição Federal (Artigo 57, parágrafo 4º) e o Regimento Interno do Gabinete e indicou espontaneamente uma candidatura, então ela mais uma vez assumiu a presidência da Câmara dos Deputados de forma juridicamente duvidosa para acompanhar as ações que minam a reconstrução do Brasil.

5. Em 2019, mais uma vez infringindo o artigo 57, inciso 4 da Constituição Federal, Maier insistiu que a mudança da eleição para outra legislatura não obedecia ao poder de veto constitucional, o que obviamente violava as regras do jogo.

6. Com a ajuda de Joices, Bebbianos e Frotas, que romperam a ligação com os servidores da Casa e obtiveram o primeiro apoio oficial do PSL (sim, o primeiro!), Maia foi eleita prefeita da Câmara de Comércio de suspeita de violação da lei pela terceira vez.

Corrupção

7. O argumento daqueles que minam as qualificações de possíveis candidatos ao governo federal é que Maya se tornará o presidente que apoia as reformas estruturais. Nada é mais falso do que isso: ele provará ser o sabotador como sempre, constantemente contrário à reforma.

8. Por ocasião da primeira reforma previdenciária, Maia cometeu o primeiro demônio. A equipe econômica recomenda que idosos carentes entre 60 e 65 anos recebam 400 reais de assistência pessoal, que será escalonada a partir do salário mínimo de 65.

9. No Brasil, mais de 1 milhão de idosos com necessidade de assistência receberam subsídio familiar, e outros 2 milhões de idosos puderam receber os benefícios propostos no projeto inicial de reforma previdenciária. Naquela época, todo idoso recebia o benefício básico do auxílio-família, no valor de 89 reais.

10. Ou seja, se Maia não prejudicasse a proposta do governo, ao invés de deixar 1 milhão de idosos carentes receber 89 reais cada, teríamos 3 milhões de idosos só recebendo 400 reais. Hoje um casal de idosos necessitados tem apenas 89 reais, se não houver mal de Maia, eles receberão 800 reais.

Botafogo

11. Rodrigo Maia anunciou em uma mentira que o Bolsonaro queria pagar aos idosos menos do que o salário mínimo e que o presidente não tinha permissão para estabelecer tal marca social em seu governo. A fim de minar o governo, Maya não tem simpatia por aqueles que mais precisam de ajuda.

12. Depois disso, ele se recusou a dirigir privatizações e reformas. Os deputados que faziam expirar os balanços e carteiras estudantis da empresa; interdição da CPI da UNE; até afastou os deputados que legalizaram a propriedade fundiária, o que permitiria ao governo entender a caixa de previdência de quem cometeu crimes ambientais.

Veja Muito Mais Sobre o Presidente Jair Bolsonaro e Seus Ministros de Governo no Site Welesson Oliveira!

Visite Nosso Site “Periquito Esporte e Notícias

Assessor de Bolsonaro humilha Maia com histórico avassalador: ‘Quando Rodrigo Maia chora, o Brasil sorri’

Entretanto… No entanto… De acordo com o… Ainda de acordo com… Mesmo que… Por outro Lado… Além disso… Mesmo porque… Aliás… Afinal… Ademais… Anteriormente… Assim… contudo… Embora… Enquanto… Então… Entretanto… Outrossim… Pois… Por enquanto… Por enquanto…