Bolsonaro recorre da decisão de Celso de Mello e pede depoimento por escrito

Bolsonaro recorre da decisão de Celso de Mello e pede depoimento por escrito.

O decano do Supremo Tribunal Federal (STF), Celso de Mello, nesta sexta-feira (11/09) negou o requerimento do Procurador-Geral da República (PGR), Augusto Aras, para que o presidente da República Jair Bolsonaro (Sem Partido), preste depoimento por escrito no inquérito que apura a suposta tentativa de interferência na Polícia Federal (PF).

As acusações foram feitas pelo ex-ministro da Justiça e Segurança Pública (MJSP) Sérgio Moro, em depoimento à Polícia Federal, sobre a reunião ministerial que ocorreu em abril.

Com a decisão de Celso de Mello, o presidente Jair Bolsonaro terá que prestar depoimento presencial.

A suposta interferência de Bolsonaro, foi apontada por Sérgio Moro, na reunião ministerial no dia 22 de abril, que segundo ele, foi o que motivou sua saída do governo.

O inquérito foi aberto em maio, com base nas acusações do ex-ministro da Justiça. O presidente Jair Bolsonaro nega todas as acusações.

Bolsonaro recorre da decisão de Celso de Mello e pede depoimento por escrito

Em sua decisão, o ministro do STF, Celso de Mello afirma que o depoimento presencial só é permitido aos Chefes dos Três Poderes da República quando eles são testemunhas ou vítimas. E não quando são investigados ou réus.

No entanto, nesta quarta-feira (16/09), o presidente da República, Jair Bolsonaro (Sem Partido), recorreu da decisão de Celso de Mello.

Em suas redes sociais, Bolsonaro escreveu:

“Recorri ao STF pedindo a reconsideração da decisão do Exmo. Sr. Ministro Relator que negou ao Presidente da República o direito de optar pela prestação de depoimento por escrito nos termos de precedentes recentes do próprio Supremo.”

“No recurso, protocolado pela Advocacia-Geral da União (AGU), foi requerida a reconsideração da decisão ou a concessão de efeito suspensivo para que não ocorra o depoimento enquanto o colegiado competente não julgar o recurso” afirmou o presidente.

Segundo Bolsonaro, “Não se pede nenhum privilégio, mas, sim, tratamento rigorosamente simétrico àquele adotado para os mesmos atos em circunstâncias absolutamente idênticas em precedentes recentes do próprio STF”

Continue acompanhando aqui em nosso site, as notícias mais relevantes do seu dia a dia. Notícias do Brasil e do mundo, com responsabilidade e credibilidade.

Veja Muito Mais Sobre o Presidente Jair Bolsonaro e Seus Ministros de Governo no Site Welesson Oliveira!

Visite Nosso Site “Periquito Esporte e Notícias

Bolsonaro recorre da decisão de Celso de Mello e pede depoimento por escrito
Bolsonaro recorre da decisão de Celso de Mello e pede depoimento por escrito

Entretanto… No entanto… De acordo com o… Ainda de acordo com… Mesmo que… Por outro Lado… Além disso… Mesmo porque… Aliás… Afinal… Ademais… Anteriormente… Assim… contudo… Embora… Enquanto… Então… Entretanto… Outrossim… Pois… Por enquanto… Por enquanto…

Notícias do Dia