Cleitinho Azevedo seu arrependimento não vai desfazer seu voto

Cleitinho Azevedo seu arrependimento não vai desfazer seu voto.

Após ter votado favorável ao Projeto do PT que impõe ‘ideologia de gênero’ em Minas Gerais no dia (02/09/21), deputado Cleitinho Azevedo se diz arrependido; O texto foi aprovado na Assembleia Legislativa e segue para sanção do governo Romeo Zema (Novo).

Acostumado com o sensacionalismo, o deputado viu suas redes sociais perderem engajamento após voto em favor do projeto de ideologia de gênero. Isso porque a maioria de seus apoiadores, são pessoas humildes e conservadores, que por acreditar da imagem de bom moço e engajado em projetos sociais, depositaram suas esperanças no parlamentar.

PROJETO

A Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) aprovou no dia (2/9) um projeto de lei que institui a “ideologia de gênero” em Minas Gerais e pune estabelecimentos que se opuserem a ela. O PL do deputado André Quintão (PT-MG) diz ter o objetivo de combater a discriminação contra orientação sexual, identidade de gênero ou expressão de gênero de uma pessoa.

O texto do petista propõe uma alteração na legislação de 2002, que determina a imposição de sanções à pessoa jurídica por “ato discriminatório” praticado contra pessoa em virtude de sua orientação sexual. Ele acrescenta também a identidade de gênero ou expressão de gênero.

O deputado conservador Bruno Engler (PRTB) pediu o adiamento da votação do projeto, mas não conseguiu impedir que a pauta esquerdista avançasse. O parlamentar criticou o texto e ressaltou que a proposta abrirá espaço para que homens frequentem banheiros femininos sem que os donos de estabelecimentos possam proibir.

“A gente já tem uma lei de 2002 que prevê multa para discriminação contra orientação sexual, o que isso está fazendo é ampliar esse escopo para identidade de gênero e expressão de gênero, que é um escopo extremamente abstrato, que vai abrir um regramento jurídico muito perigoso. Porque aí a gente parte do princípio que se um dono de estabelecimento impedir um travesti de adentrar o banheiro feminino, pode ser multado em mais de R$ 170 mil”, afirmou Engler.

O deputado fez um forte discurso na tribuna sobre o assunto e alertou para os perigosos precedentes que o projeto pode abrir.

No discurso completo, o deputado citou um caso de estupro cometido por um homem que se apresentava como mulher em 2017, nos Estados Unidos. “Temos um caso nos Estados Unidos, de uma mulher trans, que é um homem biológico que se entende como mulher, que abusou de uma criança no banheiro. A gente cria aqui um precedente para impedir que qualquer funcionário ou dono de estabelecimento possa agir na proteção das mulheres de Minas Gerais. É muito perigoso o precedente que este projeto abre”, criticou.

Treze dias após aprovação do projeto, Cleitinho vem a público ao lado de Engler para dizer que se enganou e não havia entendido os riscos que o projeto trará a população mineira.

“Sou ser humano, sou sujeito a falha e tenho toda humildade de dizer que nessa eu errei.” disse Cleitinho.

Em seu pedido de desculpas, o parlamentar disse que votou favorável, pensando apenas na questão da discriminação. Assista o vídeo.

As desculpas de Cleitinho não foi muito bem aceita pelos internautas. Veja algumas reações:

Cleitinho Azevedo seu arrependimento não vai desfazer seu voto

A proposta agora segue para a sanção ou veto do governador Romeu Zema (NOVO).

Continue acompanhando aqui em nosso site, as notícias mais relevantes do seu dia a dia. Notícias do Brasil e do mundo, com responsabilidade e credibilidade.

Visite Nosso Site “Periquito Esporte e Notícias

Veja Muito Mais Sobre o Presidente Jair Bolsonaro e Seus Ministros de Governo no Site Welesson Oliveira!

Entretanto… No entanto… De acordo com o… Ainda de acordo com… Mesmo que… Por outro Lado… Além disso… Mesmo porque… Aliás… Afinal… Ademais… Anteriormente… Assim… contudo… Embora… Enquanto… Então… Entretanto… Outrossim… Pois… Por enquanto… Por enquanto…

Notícias do Dia