Damares Alves manda recado para o PSOL: "Pode continuar me amando"

Damares Alves manda recado para o PSOL: “Pode continuar me amando”

Damares Alves manda recado para o PSOL: “Pode continuar me amando”.

Marcelo Freixo pede a PGR que investigue cartilha de Ministério, que alerta sobre uso da maconha.

O deputado do PSOL, Marcelo Freixo (RJ), enviou uma representação a Procuradoria-Geral da República (PGR), pedindo que investigue uma cartinha do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, sob comando da ministra Damares Alves, que faz um grave alerta sobre o uso da maconha.

Freixo pede que a PGR apure se houve “improbidade administrativa, violação dos princípios da administração pública e malversação de recursos públicos para defender posição ideológica”, para produzir a cartilha, que ignora evidências científicas e afirma que “não existe maconha medicinal”, como revelou reportagem do Jornal Folha de São Paulo.

“O que se observa é que a cartilha pode ter sido executada com desvio de finalidade dos ministérios citados, visando fins pessoais, por divulgar desinformação para manipular a opinião pública para corroborar as posições dos responsáveis pelas pasta e do próprio presidente da República, omitindo fontes científicas, acadêmicas, da Organização Mundial da Saúde e da Própria Anvisa” escreve Freixo na representação.

Sobre a afirmação da cartilha de que “não existe ‘maconha medicinal’”, o documento assinado por Freixo lembra que resoluções da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) estabelecem requisitos para a comercialização, prescrição, dispensação, monitoramento e fiscalização de produtos de cânabis para fins medicinais e dispõem sobre critérios e procedimentos para a importação de produtos dela derivados para tratamentos de saúde.

O documento dos ministérios da Mulher, Família e Direitos Humanos e da Cidadania faz associações sem comprovação, como a de que o uso da droga causa transtornos mentais e de que houve aumento da violência em locais em que a substância foi legalizada.

Damares Alves manda recado para o PSOL: “Pode continuar me amando”

Apesar de a secretária nacional da Família, Angela Gandra, apresentar o documento como técnico em seu prefácio, o texto cita como fontes apenas estudos científicos que dão suporte a suas afirmações e não lista papers com conclusões divergentes.

A maconha medicinal é legal em mais de 40 países ou territórios; nos EUA, é permitida em 36 estados e no Distrito de Columbia. No Brasil, apenas o chamado uso compassivo é permitido, ou seja, apenas quando esgotadas outras opções terapêuticas.

E a esquerda me ama!

Em vídeo divulgado nas redes sociais, a ministra Damares Alves contou como recebeu a notícia.

“Acabei de descobrir que o PSOL me ama. Estão querendo me flechar de qualquer jeito” comentou Damares.

Em seguida disparou: “Sabe a nossa diferença do PSOL? A diferença é que eles fazem tempo que querem legalizar a maconha e ainda não conseguiram.”

“Vamos cuidar de nossas crianças. Pode continuar me amando PSOL” concluiu Damares.

Continue acompanhando aqui em nosso site, as notícias mais relevantes do seu dia a dia. Notícias do Brasil e do mundo, com responsabilidade e credibilidade.

Veja Muito Mais Sobre o Presidente Jair Bolsonaro e Seus Ministros de Governo no Site Welesson Oliveira!

Visite Nosso Site “Periquito Esporte e Notícias

Damares Alves manda recado para o PSOL: "Pode continuar me amando"
Damares Alves manda recado para o PSOL: “Pode continuar me amando”

Entretanto… No entanto… De acordo com o… Ainda de acordo com… Mesmo que… Por outro Lado… Além disso… Mesmo porque… Aliás… Afinal… Ademais… Anteriormente… Assim… contudo… Embora… Enquanto… Então… Entretanto… Outrossim… Pois… Por enquanto… Por enquanto…