Deputada Alê Silva se pronuncia sobre decisão do STF de quebrar sigilo de parlamentares

Deputada Alê Silva se pronuncia sobre decisão do STF de quebrar sigilo de parlamentares, aliados do presidente Jair Bolsonaro.

A deputada federal Alê Silva (PSL-MG), divulgou vídeo em suas redes sociais, na manhã desta quarta-feira (17), se pronunciando sobre a decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, que autorizou a quebra de sigilo bancário de 10 deputados federais e 1 senador, todos eles aliados do governo Bolsonaro.

Alê Silva explicou que, o inquérito do STF, tem como objetivo apurar quem seria os possíveis financiadores dos manifestos contra a Corte, porém, a origem do dinheiro não estaria sendo questionada.

“Esse inquérito não está investigando possíveis crimes de corrupção […] O que eles estão investigando é, se nós, deputados bolsonaristas, financiamos alguns atos, que eles dizem, ‘anti-democráticos’. Aqueles manifestos que recentemente foram feitos lá em Brasília” explicou a parlamentar.

A parlamentar explicou ainda, que o objetivo das investigações, é saber se os deputados bolsonaristas financiaram os atos contra o STF, pagando “transportes para os manifestantes se deslocarem se suas cidades até lá em Brasília para manifestar apoio ao governo Bolsonaro”.

“Inclusive, ele [Alexandre de Moraes] não se cogita neste inquérito, qualquer hipótese da gente ter usado dinheiro público para financiar esse transporte, compra de faixa, nada. Eles podem até querer nos acusar de usar o nosso próprio dinheiro” disse Alê Silva.

Segundo a deputada, o STF está investigando até mesmo a possibilidade dos deputados terem usado dinheiro próprio para financiar as manifestações pró-Bolsonaro e contra o Supremo Tribunal Federal.

Deputada Alê Silva se pronuncia sobre decisão do STF de quebrar sigilo de parlamentares

A bolsonarista negou que tenha financiado qualquer tipo de ato anti-democrático que possa ter ocorrido em Brasília. Além disso, a mineira defendeu o livre Direito de manifestação de cada cidadão, que, é assegurada pela Constituição.

“Eu não financiei, quem me conhece sabe disso. Não ajudei, não ajudei porque eu não tenho como ajudar. Quem me dera se eu pudesse e, ainda que se tivesse ajudado […] Isso não é ilegal, porque é a livre manifestação é devidamente prevista na nossa Constituição Federal”

Para Alê, o Supremo quer imputar de qualquer forma, algum tipo de crime, contra os aliados de Bolsonaro, ainda que, não tenha nenhuma prova contra os parlamentares.

Veja a lista dos parlamentares que tiveram o sigilo bancário quebrado, a mando de Alexandre de Moraes:

  • Alê Silva (PSL-MG) – Deputada
  • Bia Kicis (PSL-DF) – Deputada
  • Otoni de Paula (PSC-RJ) – Deputado
  • Caroline de Toni (PSL-SC) – Deputada
  • Carla Zambelli (PSL-SP) – Deputada
  • Cabo Junio Amaral (PSL-MG) – Deputado
  • General Girão (PSL-RN) – Deputado
  • Guiga Peixoto (PSL-SP) – Deputado
  • Aline Sleutjes (PSL-PR) – Deputada
  • Senador Arolde de Oliveira

Na manhã desta quarta-feira (17), o presidente Jair Bolsonaro criticou a decisão de Alexandre de Moraes e disse que eles [STF] “Estão abusando”.

“Eu não vou ser o primeiro a chutar o pau da barraca. Eles estão abusando. Isso está a olhos vistos. Ocorrido no dia de ontem, quebrando sigilo de parlamentares, não têm história nenhuma vista em uma democracia, por mais frágil que ele seja. Está chegado a hora de tudo ser colocado no devido lugar” disse Bolsonaro aos apoiadores.

Assista a entrevista na íntegra:

Veja Muito Mais Sobre o Presidente Jair Bolsonaro e Seus Ministros de Governo no Site Welesson Oliveira!

Visite Nosso Site “Periquito Esporte e Notícias

Deputada Alê Silva se pronuncia sobre decisão do STF de quebrar sigilo de parlamentares
Deputada Alê Silva se pronuncia sobre decisão do STF de quebrar sigilo de parlamentares

Entretanto… No entanto… De acordo com o… Ainda de acordo com… Mesmo que… Por outro Lado… Além disso… Mesmo porque… Aliás… Afinal… Ademais… Anteriormente… Assim… contudo… Embora… Enquanto… Então… Entretanto… Outrossim… Pois… Por enquanto… Por enquanto…

Últimas Notícias Selecionadas Pra Você