Eduardo Bolsonaro diz que "Desinformação é arma da esquerda"

Eduardo Bolsonaro diz que “Desinformação é arma da esquerda”

Eduardo Bolsonaro diz que “Desinformação é arma da esquerda”, após deputada esquerdista distorcer fala sobre voto impresso.

Na sexta-feira (06/11), o deputado Federal, Eduardo Bolsonaro (PSL/SP), defendeu a implementação do voto impresso, nas eleições no Brasil, após o presidente Jair Messias Bolsonaro ter afirmado em live na quinta-feira (05/11) que vai lutar para que o voto impresso seja usado nas eleições de 2022.

Intitulado “O QUE É VOTO IMPRESSO? VOCÊ APÓIA?”, Eduardo Fez a defesa do voto impresso.

Para Eduardo, “O voto é importantíssimo numa democracia. Assim, temos que ter certeza que todo voto é computado corretamente.”

“Voto impresso já é lei, porém o STF o decretou inconstitucional por violar o sigilo da votação. Mas isso não ocorreria, ninguém levaria comprovante impresso pra casa.” explicou o parlamentar.

Ao explicar o processo, Eduardo disse, “Como seria o processo? O eleitor votaria na urna e teria seu voto impresso na hora. Então, ele teria a chance de conferir se ambos batem. Estando tudo certo, o comprovante impresso seria depositado em outra urna, criando uma segunda barreira de segurança contra fraudes.”

Esta pauta deve ser prioritária, para evitar confusões que botem em risco a nossa democracia e o Estado democrático de direito. Voto impresso é uma maneira simples e eficaz de possibilitar auditoria da urna eletrônica. Repetindo: não se leva um comprovante impresso para casa.

Eduardo Bolsonaro diz que “Desinformação é arma da esquerda”

A votação deve ser tão simples e ter tanta transparência quanto possível, além de ser barreira contra distorção. Assim, todo o povo poderá compreender o processo e ter confiança de que não existem irregularidade ou possibilidade de fraude.

O que pedimos não é nada absurdo ou impossível de ser feito. Ou ainda algo fora da lei. Pelo contrário, queremos apenas que todos os brasileiros (sejam de direita, esquerda, não importa) tenham a chance de comprovar seu voto e ter mais uma barreira contra qualquer distorção.

E por fim perguntou aos brasileiros: “Você confia 100% no voto eletrônico?”

Em contrapartida, a deputada federal Talíria Petrone (PSOL/RJ), usou a fala do presidente Jair Bolsonaro e do deputado, Eduardo Bolsonaro, para dizer que o voto impresso, tão defendido pela base de governo, seria uma prova física da compra de votos.

Assim porque a cédula poderia ser usada para a compra de votos:

Segundo Eduardo, “Desinformação é arma da esquerda.”

“Jamais foi dito que o voto impresso seria um comprovante para você demonstrar em quem votou. Pelo contrário, o sigilo é 100% garantido e o eleitor nem contato com o papel impresso teria. Alguma agência dirá que o tweet desta dep. é fake news?🤔” escreveu o Parlamentar.

Continue acompanhando aqui em nosso site, as notícias mais relevantes do seu dia a dia. Notícias do Brasil e do mundo, com responsabilidade e credibilidade.

Veja Muito Mais Sobre o Presidente Jair Bolsonaro e Seus Ministros de Governo no Site Welesson Oliveira!

Visite Nosso Site “Periquito Esporte e Notícias

Eduardo Bolsonaro diz que "Desinformação é arma da esquerda"
Eduardo Bolsonaro diz que “Desinformação é arma da esquerda”

Entretanto… No entanto… De acordo com o… Ainda de acordo com… Mesmo que… Por outro Lado… Além disso… Mesmo porque… Aliás… Afinal… Ademais… Anteriormente… Assim… contudo… Embora… Enquanto… Então… Entretanto… Outrossim… Pois… Por enquanto… Por enquanto…