“Fachin deixou os mais vulneráveis, nas mãos de criminosos” diz Fiuza

“Fachin deixou os mais vulneráveis, nas mãos de criminosos” diz Fiuza, sobre decisão de Fachin que restringiu ações policiais em favelas do Rio de Janeiro.

O jornalista e comentarista do programa Os Pingos Nos Is da Jovem Pan Guilherme Fiuza criticou a decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Edson Fachin, que decidiu, no último dia 5, restringir operações policiais em favelas do Rio de Janeiro durante pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2).

Em sua decisão, Fachin disse que, os policiais só poderão realizar operações policiais nas comunidades cariocas, “em hipóteses extermamente excepcionais.”

Além disso, Fachin determinou que, os casos em que as operações forem excepcionalmente necessárias, a corporação responsável pela operação, deverá notificar por escrito,ao Ministério Público, sobre quais as razões para tais ações nas favelas.

O jornal Folha de São Paulo em um artigo, defendeu que assim, após decisão de Fachin, morrerão menos pessoas em comunidades.

Para Guilherme Fiuza, “Isso é uma afronta, esse tipo de conta de fundo de quintal. Fingindo, falar de salvação de alma e vidas. É uma afronta aos vivos e aos mortos pela epidemia e pelo crime”.

“Essa decisão do Fachin, ela renegou a população mais vulnerável, mais carente, que mais precisa do estado em relação a segurança, de proteção diante de criminosos ela renegou essa população aos criminosos” criticou Fiuza.

Fiuza se referiu aos dados divulgados pela Folha para defender decisão de Fachin, como “macabros”.

“Isso é uma barbaridade, é uma aberração, isso é uma tentativa da suspensão do direito dessas populações enfraquecidas a segurança do Estado” concluiu.

Assista o vídeo na íntegra!

Veja Muito Mais Sobre o Presidente Jair Bolsonaro e Seus Ministros de Governo no Site Welesson Oliveira!

Visite Nosso Site “Periquito Esporte e Notícias

“Fachin deixou os mais vulneráveis, nas mãos de criminosos” diz Fiuza

"Fachin deixou os mais vulneráveis, nas mãos de criminosos" diz Fiuza
“Fachin deixou os mais vulneráveis, nas mãos de criminosos” diz Fiuza

Entretanto… No entanto… De acordo com o… Ainda de acordo com… Mesmo que… Por outro Lado… Além disso… Mesmo porque… Aliás… Afinal… Ademais… Anteriormente… Assim… contudo… Embora… Enquanto… Então… Entretanto… Outrossim… Pois… Por enquanto… Por enquanto…

Últimas Notícias Selecionadas Pra Você