Vagas

Vaga de Emprego

Vagas e Oportunidades

Emprego Detran

“Fechamento do comércio e lockdown não vai salvar quem está na UTI”, diz prefeito de Chapecó

“Fechamento do comércio e lockdown não vai salvar quem está na UTI”, diz prefeito de Chapecó (SC).

Em entrevista à Jovem Pan, o prefeito de Chapecó (SC), João Rodrigues (PSD), acredita que o fechamento do comércio e a adoção de um lockdown no município não vai “salvar quem está na UTI”. A declaração foi feita nesta sexta-feira (05).

O prefeito também anunciou, na entrevista, a reabertura do comércio local e a volta às aulas presenciais na cidade.

Segundo ele, economia e saúde precisam andar “lado a lado”.

“O problema é que as pessoas têm que ter mais cuidado, nesse momento colapsou todo sistema. Com a estrutura que estou abrindo vamos conseguir administrar a crise de momento, diminuímos o contágio nas últimas semanas. O problema é o agravamento de quem já está internado. Mas não é fechando, parando, que vamos salvar quem tá na UTI, precisamos fazer com que o vírus diminua a sua circulação com pessoas trabalhando. Quanto mais trabalho, menos aglomerações”.

Segundo Rodrigues, a Prefeitura está disponibilizando 20 novos leitos de terapia semi-intensiva para Chapecó e outras 75 unidades em enfermarias.

Para o prefeito, o coronavírus não vai parar de circular com ampliação das medidas restritivas.

“Você tranca o vírus dentro de casa, se ficar, de fato, em lockdown verdadeiro, vai matar muita gente preso dentro de casa. Sou contra lockdown, mas não vale minha opinião, ouvi a ciência e permaneci 14 dias fechado, porque o vírus transita em 14 dias. Se em 14 dias não parou, não vai parar nos próximos 14, quem vai parar é a economia, o desemprego. Lockdown é para você preparar a sua estrutura para pessoas que estão tendo gravidade”, disse, reforçando que a cidade permanece com toque de recolher e lei seca a partir das 22h e horário limitado de funcionamento para bares e restaurantes.

“Fechamento do comércio e lockdown não vai salvar quem está na UTI”, diz prefeito de Chapecó

“Aglomerações clandestinas não tem como controlar, exceto quando há denúncias”, afirmou. Rodrigues reconhece, no entanto, que o sistema de saúde pública será sobrecarregado.

“A previsão é que lote mesmo, não há como dizer que não vai acontecer isso, mas se manter fechado da mesma forma vai acontecer. Plano A para tudo, plano B volta tudo com cuidado, restrições e fiscalização do poder público. Quando você fecha tudo essa juventude vai para clandestinidade e não tem controle. Basicamente é isso, fiz uma estrutura para atender Chapecó e o hospital público consegue atender a região. Chapecó está no teto e estamos descendo a curva, o problema é o restante do país que está subindo [a curva de contaminação]. Não é fechando o comércio que se resolve o problema”.

VEJA O VÍDEO:

Continue acompanhando aqui em nosso site, as notícias mais relevantes do seu dia a dia. Notícias do Brasil e do mundo, com responsabilidade e credibilidade.

Veja Muito Mais Sobre o Presidente Jair Bolsonaro e Seus Ministros de Governo no Site Welesson Oliveira!

Visite Nosso Site “Periquito Esporte e Notícias

Entretanto… No entanto… De acordo com o… Ainda de acordo com… Mesmo que… Por outro Lado… Além disso… Mesmo porque… Aliás… Afinal… Ademais… Anteriormente… Assim… contudo… Embora… Enquanto… Então… Entretanto… Outrossim… Pois… Por enquanto… Por enquanto…