Governador Moisés compra respiradores pelo triplo do valor e não é entregue

Governador Moisés compra respiradores pelo triplo do valor e não é entregue no prazo final estipulado pelo comprador, e não vai ser entregue.

A denuncia, que foi feita pela deputada estadual, Ana Caroline Campagnolo, mostra, que foram gastos mais de R$ 33 milhões em 200 respiradores, saindo cada um por mais de R$165.000 enquanto isso, o governador de Minas Gerais, que é um estado bem próximo de Santa Catarina, pagou apenas R$57 mil por cada unidade, sendo quase 3 vezes o preço pago, e não chegou e as pessoas que estão a doença, estão morrendo por conta da falta de respiradores.

Em suas palavras, através das redes sociais a deputada afirmou:

Em meio ao cenário de crise gerado pelas medidas draconianas estabelecidas pelo governador Carlos Moisés, que já resultaram em mais de 400 mil postos de trabalho exterminados em Santa Catarina, nossos cidadãos foram golpeados com a revelação de que o Executivo pagou R$33 milhões por 200 respiradores que nunca chegaram. A suspeita sobre a idoneidade da empresa contratada vem se confirmando: hoje seria o prazo final para entrega dos equipamentos, portanto, o acordo não será cumprido. O relatório do TCE/SC aponta uma série de indícios de que a Veigamed possa ser, na verdade, uma organização de fachada. Os endereços comerciais fornecidos, ao que tudo indica, são falsos. Cada respirador custou R$ 165 mil, valor acima da média de R$ 60 mil a R$ 100 mil pagos pela União e por outros estados brasileiros, mas mesmo assim o negócio foi fechado sem consulta a outros orçamentos confiáveis.

Diante da situação, eu e os demais parlamentares de Santa Catarina nos reunimos em conferência virtual para resguardar e fiscalizar os recursos utilizados. Uma das ações emergenciais, que votamos unanimemente, foi o requerimento de instalação de uma Comissão Especial, criada para acompanhar os gastos do Executivo com a questão do novo coronavírus. Também solicitamos o afastamento imediato do Secretário de Saúde, Helton Zeferino, por suspeita de prática de crimes administrativos na pasta. Uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) já foi instaurada. Além disso, a 1ª Vara da Fazenda Pública de Florianópolis, em decisão liminar, bloqueou R$ 33 milhões da empresa Veigamed e suspendeu qualquer novo pagamento relativo ao contrato, feito com dispensa de licitação.

Enquanto o cidadão de bem tenta sobreviver ao caos pandêmico e econômico – situação que provocará consequências a longo prazo que ainda nem podemos mensurar –, seus representantes na Alesc devem cumprir com o dever, cuidando do futuro do Estado e fazendo o possível para amenizar as consequências dessa crise.”

Governador Moisés compra respiradores pelo triplo do valor e não é entregue

Veja Muito Mais Sobre o Presidente Jair Bolsonaro e Seus Ministros de Governo no Site Welesson Oliveira!

Visite Nosso Site “Periquito Esporte e Notícias

Entretanto… No entanto… De acordo com o… Ainda de acordo com… Mesmo que… Por outro Lado… Além disso… Mesmo porque… Aliás… Afinal… Ademais… Anteriormente… Assim… contudo… Embora… Enquanto… Então… Entretanto… Outrossim… Pois… Por enquanto… Por enquanto…

Últimas Notícias Selecionadas Pra Você