“Nós vamos vacinar o Brasil todo este ano”, garante General Pazuello

“Nós vamos vacinar o Brasil todo este ano”, garante General Pazuello

“Nós vamos vacinar o Brasil todo este ano”, garante General Pazuello.

O General Eduardo Pazuello, atual ministro da Saúde do Brasil, foi o entrevistado do programa “Direto ao Ponto” desta segunda-feira, 1º.

Em entrevista ao programa Direto ao Ponto, da rádio Jovem Pan, o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, garantiu na noite desta segunda-feira que haverá vacinas disponíveis para toda a população brasileira ainda em 2021.

“Existem as crianças e os jovens até 18 anos para os quais a vacina não é recomendada e aqueles que não tomarão o imunizante por já terem sido contaminados ou por outros motivos”, afirmou o ministro, ao assegurar que o governo federal já negociou mais de 350 milhões de doses de imunizantes. “Nós vamos vacinar o Brasil todo este ano”.

O ministro conversou com a Jovem Pan durante um momento delicado para a pasta que comanda: hoje, ele precisa lidar com a dificuldade para colocar em prática a campanha nacional de vacinação e a escassez de leitos hospitalares e de cilindros de oxigênio no Amazonas, que gerou a abertura de uma investigação da Polícia Federal sobre uma possível negligência por parte dele.

O programa desta segunda foi comandado pelo apresentador Augusto Nunes e teve na bancada Leda Nagle, jornalista e apresentadora do Canal da Leda Nagle; Marina Machado, jornalista especializada em saúde; Lívia Zanolini, apresentadora do “Tá Explicado”, da Jovem Pan, e Fabio Zanini, colunista da “Folha de S.Paulo”.

Durante a conversa, o ministro mostrou otimismo em relação à vacinação no país, que considerou como “exitosa” e foi categórico ao afirmar: “Nós vamos vacinar o Brasil todo este ano”.

Ele afirmou que a compra de 350 milhões de doses de imunizantes já foi oficializada e anunciou a chegada de doses do Instituto Serum, na Índia, e das primeiras 14 milhões de doses negociadas no Covax Facility, no mês de fevereiro.

“O processo tende a acelerar naturalmente porque nós temos a maior estrutura de vacinação em massa no mundo, que é o nosso Programa Nacional de Vacinação”, recordou.

Segundo Pazuello, a visão do Governo Federal é de que a vacina não deve ser obrigatória.“Acredito que a gente vai ter um salto de vacinação agora no mês de fevereiro que vai passar tudo que tem por aí no mundo”, afirmou, considerando a comparação do Brasil com outros países, como Israel e Uruguai, “uma loucura”.

Questionado sobre o momento no qual anunciou a aquisição de doses da CoronaVac e foi desautorizado por Bolsonaro, ainda no mês de outubro, Pazuello esclareceu que tudo não passou de um mal entendido.

“Faltou talvez a explicação clara para ele da minha parte que eram dois tipos de vacina: a vacina importada, que nós nem estávamos tratando naquela época, e a fabricação da vacina, com o aumento do parque fabril, com a fase três, trabalhada pela Fiocruz”, recorda.

Ainda segundo ele, o país sempre tratou as negociações com o Butantan de forma normal e na ocasião não considerou deixar o cargo que ocupa.

“Quem te coloca na missão é quem te tira. Não vou pedir para sair. Nunca pedi para sair de nada”, afirmou. Para ele, o cargo como uma missão e quando concluí-la ele voltará ao seu posto nas Forças Armadas.

“Nós vamos vacinar o Brasil todo este ano”, garante General Pazuello

Com duas vacinas sendo aplicadas no país até o momento e a previsão da autorização para uso emergencial de outras em breve, o ministro afirmou que a responsabilidade majoritária da garantia de que os brasileiros receberão doses do mesmo imunizante na data certa é de outras esferas governamentais.

“Quem executa a vacinação é o município. Cabe ao município nessa execução fazer o registro correto da vacina e marcar a data do retorno para aquela pessoa tomar a segunda dose com aquela vacina”, explicou.

Pazuello garantiu, porém, que uma plataforma ligada ao SUS computa as informações dos imunizados para garantir que a vacinação não seja feita de forma errada.

VEJA O VÍDEO:

Continue acompanhando aqui em nosso site, as notícias mais relevantes do seu dia a dia. Notícias do Brasil e do mundo, com responsabilidade e credibilidade.

Veja Muito Mais Sobre o Presidente Jair Bolsonaro e Seus Ministros de Governo no Site Welesson Oliveira!

Visite Nosso Site “Periquito Esporte e Notícias

Entretanto… No entanto… De acordo com o… Ainda de acordo com… Mesmo que… Por outro Lado… Além disso… Mesmo porque… Aliás… Afinal… Ademais… Anteriormente… Assim… contudo… Embora… Enquanto… Então… Entretanto… Outrossim… Pois… Por enquanto… Por enquanto…