Presidente se posiciona contra alta de preços de...Confira!

Presidente se posiciona contra alta de preços de combustíveis e mostra que os maiores culpados são os governadores

Presidente se posiciona contra alta de preços de combustíveis e mostra que os maiores culpados são os governadores.

O presidente do Brasil, afirmou em suas palavras sobre o aumento de preços, e sobre quem são os reais responsáveis, através de suas redes sociais oficiais:

“DIESEL S-500 na refinaria em 19/dezembro/2020: R$ 1,66 e R$ 3,59 em média nos postos do Brasil.

  • O alto preço dos combustíveis geralmente o único responsabilizado é o Presidente da República, contudo:
  • No caso do diesel S-500 o imposto federal a título de PIS/COFINS é de R$ 0,33 o litro. A CIDE, outro imposto federal, foi zerado por nós.
  • A distribuição (caminhões tanques) e margem de lucro (postos) corresponde a R$ 0,51 do preço final.
  • Já o ICMS (imposto estadual) tem um percentual variável entre 12% e 25% cobrado no valor médio nas bombas (postos) e, em média é de R$ 0,50 o litro.
  • Pela obrigação de se acrescentar Biodiesel, o litro é majorado em R$ 0,59.
  • Desejamos, via projeto de lei a ser enviado ao Congresso, que o ICMS venha a ser um percentual a ser aplicado no valor do diesel nas refinarias ou um valor fixo em cada litro de combustível, percentual esse ou valor fixo, a ser definido pelas respectivas Assembléias Legislativas com o intuito de se evitar a bitributação.
  • O consumidor tem o direito de saber quanto ele paga de impostos à União e aos Estados, bem como quanto lucram os postos e as distribuidoras.
  • Estamos na iminência de anunciar diminuição do imposto federal, contudo a Petrobrás tem automia para reajustar os combustíveis (diesel, gasolina, alcool e gás) no percentual e data por ela determinado.”

Confira o vídeo abaixo:

Veja Muito Mais Sobre o Presidente Jair Bolsonaro e Seus Ministros de Governo no Site Welesson Oliveira!

Visite Nosso Site “Periquito Esporte e Notícias

Presidente se posiciona contra alta de preços de combustíveis e mostra que os maiores culpados são os governadores

Entretanto… No entanto… De acordo com o… Ainda de acordo com… Mesmo que… Por outro Lado… Além disso… Mesmo porque… Aliás… Afinal… Ademais… Anteriormente… Assim… contudo… Embora… Enquanto… Então… Entretanto… Outrossim… Pois… Por enquanto… Por enquanto…