STF encara como declaração de guerra a possível...Confira!

STF encara como declaração de guerra a possível presença de Bia Kicis na CCJ da Câmara

STF encara como declaração de guerra a possível presença de Bia Kicis na CCJ da Câmara.

O Supremo Tribunal Federal (STF) não quer atuar como deputada federal Bia Kicis na Comissão de Constituição e Judiciário da Câmara. A informação da CNN Brasil.

Segundo a emissora, os ministros do STF consideraram a possível presença do agente na CCJ como uma declaração de guerra ao tribunal. Da mesma forma, segundo a CNN Brasil, o juiz de paz também buscou descontentamento com a transferência da comissão parlamentar principal para Bia Kicis da cúpula da Esplanada dos Ministérios e parlamentares.

A deputada utilizou as redes sociais para responder à intervenção do Supremo Tribunal Federal na nomeação do CCJ para a Câmara.

“Não creio que o STF esteja por trás desse movimento sujo para me impedir de assumir a CCJ, até porque os ministros do tribunal estão cientes do princípio da independência e da harmonia entre os grandes poderes. O deputado disse que minha atuação parece ser mais parecido, é a ação de grupos de interesse.

Confira o vídeo sobre a nomeação de Bia Kicis, e a informação imparcial sobre sua chegada ao cargo:

Veja Muito Mais Sobre o Presidente Jair Bolsonaro e Seus Ministros de Governo no Site Welesson Oliveira!

A deputada federal, Carla Zambelli parabenizou a deputada federal através de suas redes sociais e declarou:

“A CCJ da Câmara não poderia estar em melhores mãos.Meus parabéns à minha amiga e companheira de batalha Bia Kicis. Conte sempre com nosso apoio para levarmos adiante os projetos em prol do Brasil!”.

Visite Nosso Site “Periquito Esporte e Notícias

STF encara como declaração de guerra a possível presença de Bia Kicis na CCJ da Câmara

Entretanto… No entanto… De acordo com o… Ainda de acordo com… Mesmo que… Por outro Lado… Além disso… Mesmo porque… Aliás… Afinal… Ademais… Anteriormente… Assim… contudo… Embora… Enquanto… Então… Entretanto… Outrossim… Pois… Por enquanto… Por enquanto…